Categorias
Desenvolvimento Pessoal Empreendedorismo Livros e Estudos

O que você realmente quer?

Por acaso você já se perguntou isso alguma vez em sua vida? Porque de começo podemos achar que é uma questão fácil de ser respondida e na maioria dos casos seria Amor, Paz, Dinheiro e Saúde o básico para podermos ter uma vida plena e feliz. Só que essa questão pode se complicar para alguns, pois é difícil parar e responder isso de forma clara e realista pra si mesmo. Isso exige uma análise concreta de nossas atitudes e o que devemos fazer para seguir o caminho certo de nossas escolhas e por isso somos obrigados a sair da nossa zona de conforto ou também não ter tanta certeza das nossas escolhas que não estão claras o suficiente para segui-las. Um dia gostaríamos de uma coisa e no outro já não sabemos mais e dessa forma procrastinamos e esquecemos o que deve ser feito para alcançar o nosso objetivo.

Para nos ajudar é importante que tenhamos claro na mente o que gostaríamos de ter, fazer e ser. Saber quais são os nossos dons verdadeiros e não se confundir pelas aparências que nos são ditas para ter e sentir. Mas a boa notícia é que podemos usar técnicas simples que nos ajudarão a alcançar os nossos objetivos e para isso precisamos ter a mente aberta ao novo e nos livrar de todo o PRÉ-CONCEITO que foram impostos e que adquirimos ao longo de nossa vida. Já sabemos do poder absoluto e pleno que a mente humana é capaz de fazer ao nosso redor. Assim dessa forma podemos melhorar o nosso ambiente de trabalho, família, relacionamentos e o estado financeiro. Mas lembre-se de que você não precisa mudar o mundo todo para isso, apenas precisará melhorar o seu mundo interno em particular o que vai facilitar em muito as outras coisas. As pessoas estão cheias de opiniões que insistem em fazer os outros a adotarem um estilo de vida e visões que não são de fato as suas e o interessante é que todos são livres para acreditarem no que desejam, inclusive até acreditar que não é possível tornar as coisas melhores apenas com seus pensamentos. Alguém pode se perguntar: Como é possível desejar o negativismo a si próprio? E é justamente aí que reside o trunfo, fazemos isso inconscientemente sem desejar por que estamos apenas no piloto automático da mente e acondicionados a pensar dessa ou daquela forma, sem prestar atenção aos detalhes e mensagens importantes que nos são passados todos os dias, entre o estímulo e a resposta há sempre um espaço para a decisão. E como conseguiremos alterar esse estado de percepção? Existem formas e técnicas e todas muito simples que não necessitam quantias enormes de dinheiro, mas que precisam de esforço, estudo e persistência para que possam ser alcançadas de forma consciente e contínua. E isso conseguiremos através de leituras edificantes e tendo a plena consciência de seus pensamentos na hora em que eles ocorrem pois assim poderemos escolher corretamente todas as informações que deverão ficar em nossa cabeça.

 

 

Por André Crevi

Freelancer | Creator @dinofauro | @PetitGuazu | Designer gráfico | Social Media | Jardinagem | Consciência |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.