Categorias
Desenvolvimento Pessoal

Entrevista no Portal ClickFoz

Reprodução ClickFoz da entrevista comigo, leia na Íntegra:

Quando nem se pensava em Twitter e Facebook, André Crevilaro já estava presente na internet produzindo conteúdo e criando novas estratégias e ferramentas com o objetivo de capitalizar recursos. Quem acompanha a internet em Foz do Iguaçu há mais de 10 anos deve se lembrar do orfaos.com.br que foi o precursor dos sites de publicação de fotos de baladas na rede. “No começo foi difícil porque os empresários não viram como relacionar a suas marcas, mas em 3 meses tivemos um acesso absurdo que chamou a atenção”, conta.

Com um olhar crítico, o publicitário @Crevilaro diz que os empresários precisam estar atento ao momento ao momento que estamos vivendo e cita exemplos das empresas que já estão fazendo sucesso na web em Foz do Iguaçu.

Pela sua experiência e atuação na internet, André Crevilaro foi o convidado para abrir esta série de matérias sobre a Social Media de Foz do Iguaçu, que deve envolver produtores de conteúdo e pessoas e empresas influentes na internet da região.

Perfil
André Crevilaro
Twitter: @crevilaro
Blog: http://corporacaoideias.com.br
Youtube: http://youtube.com/fiodobigode

BLOG:

– Atualmente o meu blog pessoal é o www.corporacaoideias.com.br onde eu coloco textos e materiais relacionados ao desenvolvimento pessoal, empreendedorismo e outros assuntos.

WEB:

– Eu sempre vi a web como uma forma democrática de expressão cultural e empresarial. Trabalho desde o ano 2000 com internet alternando entre blogs, sites, redes sociais e contatos online. Nesse tempo aprendi muita coisa, desde saber a usar uma ferramenta correta para determinado tipo de comunicação, bem como saber me expressar de maneira adequada. Mas aprendo todos os dias, posso então dizer que a minha definição na web é como a famosa canção: Uma metamorfose ambulante.

YOUTUBE:
– O canal Fio do Bigode (www.youtube.com.br/fiodobigode) surgiu de uma ideia entre amigos e a paixão por vídeos. Sempre gostei desde pequeno escrever histórias em quadrinhos ou estar ligado diretamente com criação de conteúdo. Quando comecei esse canal no Youtube avistei uma oportunidade de expressar idéias de maneira mais concisa e rápida através dos webvídeos que serão a extensão desse novo tipo de comunicação que surge. Hoje é normal as pessoas sentarem na sala de estar e dar uma de ‘’VJtubers’’ cada um colocando um link de determinado vídeo, ou até simplesmente comentando sobre determinado conteúdo que foi colocado na internet. O Fio do Bigode começou com uma proposta de postagens de vídeos engraçados, mas nesse meio tempo achei que poderia ser possível colocar outros conteúdos relacionados com música e cultura, pois são assuntos que as pessoas gostam e procuram. É uma experiência que vou aprendendo de acordo com os feedbacks que recebo, e é também muito gratificante expor o trabalho de outras pessoas (músicos, artistas, atores e pessoas do cotidiano) nos vídeos e ver o quanto elas gostam de se verem ali representadas no canal.

– O objetivo do canal é demonstrar para as pessoas e empresários que existem meios alternativos e mais baratos de comunicação e que não estamos mais presos a uma forma estrita de conteúdo. O exemplo é ver os programas televisivos sendo pautados por assuntos que vem diretamente da web. O canal está no ar até agora, eu o alimento da maneira que posso, ou seja, não ganho nada a mais por isso, é apenas paixão mesmo por fazer este trabalho. Mas consigo imaginar que essa plataforma possa ser útil para outras finalidades comerciais também, só que é preciso ter o feeling correto para expor esses assuntos por lá, porque diferente da televisão ou do rádio a internet é extremamente dinâmica e colaborativa, é preciso saber como acertar o seu conteúdo de uma maneira interessante para o público que te dá audiência, os erros ali podem até te custar menos e muito mais rápidos de ser consertados, porém pode ocorrer o contrário. É preciso administrar e supervisionar, e o que tento fazer com esses projeto é compreender a maneira de quando a maré vai baixar ou subir.

MOVIMENTO DA INTERNET EM FOZ:

– Quando eu e outros amigos montamos em meados de 2000 o site www.orfaos.com.br que era basicamente um site que postava fotos de baladas noturnas, as pessoas ficavam receosas de terem suas fotos colocadas no site por medo de alterações ou coisa do tipo na internet. Os empresários também não viam essa plataforma como maneira de expor e relacionar a sua marca, mas bastaram menos de 3 meses e conseguimos acessos diários absurdos e depois que as pessoas entenderam a proposta do site todas queriam ter as suas fotos publicadas. O mesmo ocorre com as redes sociais no momento, ainda são poucos empresários (inclusive do meio publicitário) que acreditam nessas ferramentas como forma de exposição benéfica do seu trabalho. O porém da internet é quando alguns pegam o feeling o momento já passou e outra tendência se instala. Então é preciso estar atento ao momento e isso não quer dizer que seja preciso disparar para todos os lados, mas é também não coibir processos que já fazem parte e tem relevância no presente diário de parte da nossa população. Muita coisa mudou de lá pra cá, entraram várias empresas e pessoas que investem em presença online de maneira sólida e bacana como é o caso do perfil do Zeppelin Old Bar e da Loumar Turismo. As pessoas ainda estão aprendendo a gerenciar seus perfis de maneira adequada, sabendo que o que postam é apenas uma extensão da do que fazem e são na vida real.
saiba mais
“Social Media Foz” explora movimentação na Rede em Foz do Iguaçu

Por André Crevi

Freelancer | Creator @dinofauro | @PetitGuazu | Designer gráfico | Social Media | Jardinagem | Consciência |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.