Categorias
Empreendedorismo Internet Redes sociais

É muita coisa na internet e eu não sei o que fazer!

Já é unanimidade: o mundo digital veio para ficar em quase todos os âmbitos da nossa sociedade. Isso quer dizer que tanto para as pessoas comuns, como para as empresas, estar na internet é fundamental, quase um mantra. Todo mundo tem um conhecido, ou segue alguém que já despontou em algum negócio digital, ou viralizou em alguma coisa, inclusive eu posso ser esse seu ‘conhecido’, lá em 2015 o personagem Dinofauro começou a fazer sucesso nas telinhas do celular de muita gente.

Mas bem antes disso, já estava na labuta desse mercado, atuando como freelancer e estudando as possibilidades de trabalho na área, mais precisamente em 2011, antes disso a internet tinha um outro significado, era como frequentar um clube, você quase só ia aos finais de semana, então com o advento da ADSL, Rádio, Redes móveis 3G e 4G, Fibra ótica a internet tornou-se onipresente em nossa vida.

A população brasileira foi estimada em 208,5 milhões de habitantes e hoje; segundo uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, o Brasil conta  com mais de 230 milhões de celulares! Temos mais aparelhos ativos do que pessoas no país, em 2017, mais da metade dos brasileiros já tinha acesso à rede mundial de computadores. Imagine como isso afeta o trabalho, a vida e a forma em como vemos o mundo?

Por isso que quando começo um trabalho na rede é praticamente impossível ter uma receita ou fórmula que logo não seja hackeada, copiada ou até mesmo alterada pelas constantes mudanças desse mercado tão ativo que é a internet. Apenas para você ter uma ideia de quantas possibilidades que temos de trabalho nessa rede:

Fazer um site

Fazer o SEO do seu site 

Escrever sobre seu negócio no site

Escrever artigos no seu site

Escrever sobre seus produtos 

Ter um blog no site 

Responder contatos no seu site   

Criar uma lista de e-mail

Criar uma página de captura de e-mails

Fazer e-mail marketing        

Ter um Facebook

Ter uma página no Facebook

Fazer Stories do Facebook 

Fazer Anúncios do Facebook 

Criar um grupo no Facebook

Fazer postagens no Facebook 

Responder Messenger do Facebook

Responder Comentários das postagens 

Ter um Instagram

Fazer Stories 

Responder comentários das postagens

Responder Inbox do Instagram

Fazer anúncios para o Instagram

Ter um WhatsApp de negócios 

Responder seu WhastApp 

Ter um grupo de trabalho/clientes

Alimentar o Status do WhatsApp

Lidar com outros grupos e solicitações

Aqui foram colocadas ações de apenas 05 canais: Site, E-mail, Facebook, Instagram e WhatsApp, ainda se formos contar que existem além delas outras possibilidades, seja mais um Twitter, Snapchat ou até mesmo a próxima bola da vez o TikTok. E ainda todas elas exigem vários tipos de formatos de veiculação; texto, vídeo ou imagem. Por isso que muita gente fica confusa com tanta opção existente nesse mercado tão primordial, eles sentem que precisam estar ali com seus produtos e serviços mas ao mesmo tempo não sabem por onde começar e mesmo quando começam parecem que nunca alcançam o seu potencial máximo, ou até mesmo quando conseguem, as regras mudam e é preciso analisar todo o processo novamente. E tudo isso vem com dois encargos muito importantes: Tempo e Dinheiro.

Foi-se o tempo em que estar na internet era sinônimo de ser barato. Em relação às comunicações do passado; tais como jornais, revistas e TV, hoje custa-se muito para ter uma presença digital ou mesmo a primeira posição do seu produto no Google e nas redes sociais, é preciso muito investimento de tempo e dinheiro, e o mais importante, descobrir o que é essencial para você no momento. Mesmo quando alcançado esses objetivos é comum postergar coisas simples como escrever em seu blog ou até mesmo ver como está a sua caixa de entrada, geralmente ela é terceirizada para outra pessoa ou empresa, porque o dono do negócio está tão ocupado com fornecedores, boletos ou como vai pagar os funcionários no final do mês, então escrever no site da empresa fica para o final da lista de prioridades. Mas não se sinta mal , isso acontece por que existem muitas acontecendo no mercado, e até mesmo para quem trabalha na área esse gargalo de opções é bem difícil.

Mas como quase todo o texto traz uma solução no final, e se você chegou até aqui, eu preciso te oferecer alguma alternativa e não falar apenas o óbvio: que você tem dificuldades com tantas coisas para resolver, por isso tentarei ser sucinto em minhas opiniões.

O mercado de internet é difícil. Sim, é isso. Acostume-se. Se entrar nele saiba que você vai precisar se dedicar. É como ir a academia ou exercícios, ou seja, diariamente.

Você não precisa estar em todos os lugares, mas esteja bem onde realmente precisa. Minha sugestão? Seu site e o e-mail. Sim, porque as redes sociais mudam e elas estão nas mãos e nas regras de outras pessoas, amanhã ou depois muda-se o algoritmo e todo seu negócio muda com ele, use as redes sociais para atrair gente para o seu negócio, mas não use elas como muro de arrimo para eles, senão você pode se frustrar.

E apenas comece! Sim, crie um blog, escreva no seu Facebook, Linkedin, teste as alternativas, veja o que é importante para a sua vida e lembre-se de economizar energia mental e recursos vitais, senão você se desanima no primeiro ano de trabalho. Como disse; a internet veio para ficar, são infinitas possibilidades e cada vez mais ela vai se aprofundar na maneira em como fazemos negócios e relacionamentos, portanto seja consciente em como ela vai afetar a sua vida, que seja positivamente e não com mais stress.                                                    

Por André Crevi

Freelancer | Creator @dinofauro | @PetitGuazu | Designer gráfico | Social Media | Jardinagem | Consciência |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.